Conteúdo para Aulas

Dia da Consciência Negra: Por que celebramos em 20 de novembro e não 13 de maio? 

Por Welington Vital

Estimativa de leitura: 2min 31seg

14 de novembro de 2023

Descubra a história por trás da escolha do Dia da Consciência Negra, uma celebração que destaca a resistência de Zumbi e contrasta com o 13 de maio, explorando as raízes e o impacto significativo desta data no Brasil. 

O Dia da Consciência Negra, celebrado em 20 de novembro, é uma significativa data para o Brasil. Esta escolha remonta à resistência de um grupo diverso de escravos, brancos e indígenas no Quilombo de Palmares, liderado por Zumbi, cuja morte, em 1695, marca essa celebração.  

A oficialização do feriado, que ocorreu em 2011, reconhece o legado do líder Zumbi, refletido em diversas iniciativas, desde políticas públicas até manifestações culturais. 

Mas por que 20 de novembro e não 13 de maio? 

Ao contrário da data 13 de maio, marco da Lei Áurea assinada pela Princesa Isabel em 1888, o 20 de novembro foi escolhido como uma verdadeira representação da luta do povo negro. As pressões políticas e sociais da época indicam que a libertação, teoricamente concedida em maio, foi resultado de muitas pressões políticas dos próprios movimentos negros da época. Houve muitas rebeliões, especialmente nos quilombos, rodas de samba e capoeiras onde os negros poderiam se encontrar.  

Primeiro ato evocativo ao 20 de novembro, realizado em 1971 pelo Grupo Palmares, em Porto Alegre (foto: Acervo Oliveira Silveira/Reprodução) | Fonte: Agência Senado 

O movimento para reconhecer o 20 de novembro começou em 1971, quando estudantes universitários em Porto Alegre (RS), propuseram a data como contraponto ao 13 de maio. Essa pequena semente começou a dar frutos e esse movimento começou a reverberar em várias partes do Brasil. Até que em 1978, o Movimento Negro unificado juntou-se a esse grupo de universitários, dando muito mais força a causa.  

O movimento continuou crescendo e dando frutos. A luta culminou na criação da Lei 10.639, em 2003, que exige que o ensino da cultura negra seja aplicado nas universidades, que, embora obrigatória, enfrenta desafios na implementação devido a desinteresse e desinformação.  

Finalmente, em 2011, o 20 de novembro foi instituído como feriado nacional, facultativo, mas já adotado em São Paulo e Rio de Janeiro, enquanto Salvador permanece uma exceção, causando debates por ser a capital mais negra do país. 

A esperança é que o Dia da Consciência Negra seja importante para que as pessoas se tornem mais conscientes. Quanto mais conscientes, mais justos, mais propositivos e saudável nossa sociedade será. 

 
Este artigo foi inspirado por vídeos esclarecedores, e agora deixo algumas sugestões abaixo para que você possa assisti-los também e ter uma compreensão mais profunda da importância desta data: 

>> Significado do Dia da Consciência Negra: Palavra Aberta Câmara dos Deputados
>> Por que 20 de novembro é o Dia da Consciência Negra? Por Ana Paula Xongani 
>> 20 de novembro – Dia da Consciência Negra – Reflexões por Aza Njeri 

Welington Vital 
Jornalista com experiência em finanças e mercados, com passagens pelos Infomoney e Folha de São Paulo. Hoje atua com marketing digital.
O que achou dessa matéria?

O que achou dessa matéria?

Clique nas estrelas

Média da classificação 4 / 5. Número de votos: 18

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

mais recentes
Conteúdo para Aulas
Protagonismo estudantil: veja a importância e como aplicar!
Enem e Vestibular
Da prensa Gutenberg ao PNLD – A história do livro didático no Brasil
Da prensa Gutenberg ao PNLD – A história do livro didático no Brasil
Família
Ensino bilíngue: entenda como funciona e suas vantagens!
Ensino bilíngue: entenda como funciona e suas vantagens!
Enem e Vestibular
Área de humanas: conheça as profissões e como ingressar!
Área de humanas: conheça as profissões e como ingressar!

Olá! Que bom ter você conosco! :)

O Conteúdo Aberto oferece gratuitamente conteúdos com curadoria pedagógica para estudantes, escolas e famílias.
Para ter acesso aos melhores conteúdos, efetue seu login ou cadastro:

Olá! Que bom ter você conosco! :)

O Conteúdo Aberto oferece gratuitamente conteúdos com curadoria pedagógica para estudantes, escolas e famílias.
Para ter acesso aos melhores conteúdos, efetue seu login ou cadastro:

Olá! Que bom ter você conosco! :)

O Conteúdo Aberto oferece gratuitamente conteúdos com curadoria pedagógica para estudantes, escolas e famílias.
Para ter acesso aos melhores conteúdos, efetue seu login ou cadastro: