Colocando em prática

Os desafios de um professor de literatura 

Por Juliana Piccoli

Estimativa de leitura: 2min 53seg

10 de agosto de 2023

“Se, por não sei que excesso de socialismo ou barbárie, todas as nossas disciplinas devessem ser expulsas do ensino, exceto uma, é a disciplina de literatura que deveria ser salva, pois todas as ciências estão presentes no monumento literário.” 

Barthes (apud Lajolo, 1993: 15) 

Podemos considerar que existem diversas formações e perfis de professores-leitores, mas, o que os têm desafiado nesses últimos tempos, em relação às práticas de leitura, tanto pessoais quanto para trazer à sala de aula, conteúdo de interesse aos estudantes? 

A leitura impressa se juntou aos meios digitais, que ganha cada vez mais espaço. A tecnologia promove as redes sociais, as plataformas de streaming e a TV, que podem oferecer muito conteúdo, mas sem o aprofundamento necessário para o aprendizado. Junto a isso, a formação do professor-leitor pode ser problematizada, tanto em relação à falta de tempo e espaço para sua leitura pessoal, tanto pela avalanche de best-sellers de boa qualidade e de interesse geral, porém, não creditados aos clássicos e, estes sim, teriam o valor de responder à formação humana. 

Desenvolver o hábito da leitura pode ser considerado um dos principais desafios. Surge aí, a necessidade de um trabalho contínuo. Cabe ao educador refletir que, diante de todas as interferências da atualidade, a leitura precisa ser vista como uma possibilidade de indagar, pesquisar, criar, recriar e assim, a literatura toma seu papel de humanizadora. 

Outro desafio é não tornar a aula de literatura maçante. Entre poemas, gêneros, categorias narrativas, movimentos literários, linha do tempo, é possível que os professores dialoguem com os estudantes a partir de sua própria experiência leitora. Ler trechos das obras em sala de aula também torna a experiência mais didática e estimula a conversa e a curiosidade.  

O planejamento didático das atividades programáticas também se mostra um desafio. Elas devem ser, antes de tudo, pragmáticas, úteis. Os planos de aula, de intervenção e suporte devem estar no nível da proporção do avanço e do interesse dos estudantes. Neste caso, a tecnologia pode contribuir com o professor, mostrando ao estudante que pode ter acesso à obra em tempo real, assim como pode acessar tudo o que a envolve, o autor, sua história de vida, comentários, entrevistas, análises literárias, estudos temporais, análises dos elementos tangíveis e intangíveis.  

Na escola, quem propõe fantasia, quem estimula a imaginação da criança, é o professor, quando faz boas mediações oferecendo textos literários com qualidade. A leitura está vinculada ao belo, ao prazer, ao lúdico, e nela a preocupação com o ensinar não deve ter vinculação com o dever ser, mas com o sensorial e o emocional. O professor pode usar estratégias para deixar brotar a sensibilidade dos leitores, estimulando-os a construir uma relação afetiva com a literatura, mostrando o valor que cada obra tem. 

Entre tantos desafios, o professor contemporâneo pode ser um agente cultural, abrindo as portas para que os estudantes se interessem em conhecer todos os aspectos da literatura e o cotidiano das aulas pode ser muito mais leve. O ensino da literatura deixa de ser um desafio para se transformar em uma poderosa ferramenta de formação sociológica e filosófica. 

Tags Relacionadas:
Juliana Piccoli 
Publicitária com 20 anos de experiência em Comunicação. Redatora por amor. Apaixonada por livros, cultura e muitas viagens por esse mundão à fora.
O que achou dessa matéria?

O que achou dessa matéria?

Clique nas estrelas

Média da classificação 4 / 5. Número de votos: 6

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

mais recentes
Conteúdo para Aulas
Protagonismo estudantil: veja a importância e como aplicar!
Enem e Vestibular
Da prensa Gutenberg ao PNLD – A história do livro didático no Brasil
Da prensa Gutenberg ao PNLD – A história do livro didático no Brasil
Família
Ensino bilíngue: entenda como funciona e suas vantagens!
Ensino bilíngue: entenda como funciona e suas vantagens!
Enem e Vestibular
Área de humanas: conheça as profissões e como ingressar!
Área de humanas: conheça as profissões e como ingressar!

Olá! Que bom ter você conosco! :)

O Conteúdo Aberto oferece gratuitamente conteúdos com curadoria pedagógica para estudantes, escolas e famílias.
Para ter acesso aos melhores conteúdos, efetue seu login ou cadastro:

Olá! Que bom ter você conosco! :)

O Conteúdo Aberto oferece gratuitamente conteúdos com curadoria pedagógica para estudantes, escolas e famílias.
Para ter acesso aos melhores conteúdos, efetue seu login ou cadastro:

Olá! Que bom ter você conosco! :)

O Conteúdo Aberto oferece gratuitamente conteúdos com curadoria pedagógica para estudantes, escolas e famílias.
Para ter acesso aos melhores conteúdos, efetue seu login ou cadastro: