Entrevistando

Cultivando Leitores: O editor Estevão Azevedo compartilha quais são os próximos capítulos do projeto  

Por FTD Educação

Estimativa de leitura: 4min 54seg

22 de novembro de 2023

Conheça os insights que deram origem às mudanças no projeto, agora adaptado com mais flexibilidade para os educadores, materiais digitais e trilha pedagógica inédita.

O Cultivando Leitores se destaca como um projeto singular, moldando o caminho para a formação do leitor literário desde a Educação Infantil até os anos finais do Ensino Fundamental.  

Em uma entrevista exclusiva para o portal Conteúdo Aberto, o editor Estevão Azevedo revelou as novidades que chegam no projeto, que traz novidades essenciais para se adaptar em um cenário extremamente dinâmico. 

  • Como o projeto evoluiu para atender às demandas e às expectativas em constante mudança na promoção da leitura? 

O Cultivando Leitores nasceu anos atrás e foi muito bem recebido por educadores. Com o passar dos anos e depois de algumas mudanças pontuais, porém, notamos que havia chegado o momento de aprimorar, com inovações, as principais características do projeto inicial. Daí nasceu uma nova proposta de estrutura, composta de uma trilha pedagógica capaz de proporcionar uma evolução gradual e consistente da competência leitora dos estudantes, e que prevê, além dos livros literários, materiais específicos para os educadores e para os estudantes, com ramificações digitais. 
 

  • Quais são as diferentes modalidades do Cultivando Leitores? 

O projeto Cultivando Leitores tem três modalidades: 

  1. Cultivando Leitores – Biblioteca Aberta: a escola escolhe, a partir de critérios exclusivamente literários, dentre as mais de 600 obras do catálogo da FTD, as cinco obras literárias a serem utilizadas pelos estudantes de cada ano letivo, e conta com a curadoria e as indicações da FTD, se considerar necessário. 
  1. Cultivando Leitores – Semeando Valores: além de capacitar os estudantes para a leitura literária, a trilha pedagógica se serve da potência da literatura para o trabalho com valores essenciais para o desenvolvimento crítico e cidadão. 
  1. Cultivando Leitores – Socioemocional: o foco dessa modalidade é, além de tornar os leitores dos anos finais do Ensino Fundamental capazes de lidar com as particularidades e as complexidades do texto literário, desenvolver as competências socioemocionais mais relevantes. 
  • Como as modalidades do projeto foram criadas para se encaixar de maneira adequada em cada faixa etária, da Educação Infantil ao Ensino Fundamental Anos finais?  

A trilha pedagógica leva em conta a adequação a cada faixa etária sem jamais perder a coerência ou o sentido de conjunto. Ela prevê uma progressão da forma de apresentar os conteúdos e desenvolver as atividades. Por exemplo: a apresentação de conceitos literários para os estudantes da Educação Infantil é feita não por meio de textos, diagramas, infográficos, mas sim de atividades que envolvem o manuseio do próprio material, a criação de desenhos e a leitura de uma narrativa exclusivamente visual. A criança aprende como se lê um livro, quais são suas partes, como uma história é contada em páginas sucessivas etc., sem nem perceber que se trata de um conteúdo com finalidade pedagógica. 

  • Como o projeto visa impactar não apenas o desenvolvimento individual dos estudantes, mas também o amadurecimento da turma como um todo? 

Boa parte das atividades realizadas pelos estudantes tem um aspecto de criação coletiva, que culmina sempre, no fim do ano, num momento de compartilhamento dos resultados com o restante da comunidade escolar. Assim, fortalece-se a ideia de que a leitura, embora possa ser feita de forma solitária, insere cada de um de nós numa comunidade de leitores que compartilham impressões, gostos, preferências e podem, inclusive, tornar-se criadores de textos literários em suas múltiplas formas. O projeto prevê, portanto, a produção de livros coletivos, clubes de leitura, podcasts, HQs, fanzines, sessões de leitura coletiva etc. 

  • Fale um pouco mais sobre a trilha pedagógica inédita no Cultivando Leitores. Quais são os elementos-chave que a tornam especial na formação do leitor literário? 

A trilha tem oito etapas, todas com nomes relacionados à ideia de cultivar para colher os frutos no futuro. As primeiras etapas servem para que o educador conheça bem o projeto. Em seguida, vem as etapas de leitura das obras literárias. Além de trabalhar o tema literário do ano (enredo, personagem, tempo etc.), a cada livro um novo aspecto da leitura é apresentado aos estudantes: o educador como modelo de leitor, o compartilhamento de estratégias numa leitura compartilhada feita pelos estudantes, o envolvimento da família, a comparação entre duas obras, a leitura como ponto de partida para a produção escrita. Ao término da trilha, a última etapa prevê uma produção coletiva para apresentação do percurso e dos frutos para a comunidade escolar. 

  • Para os educadores: Há flexibilidade para selecionar obras que se alinhem aos interesses e ao contexto cultural dos estudantes? 

Na modalidade Biblioteca Aberta, há centenas de títulos de qualidade para que o educador selecione os mais adequados ao projeto e às características da escola e da turma. Nas demais modalidades, a FTD oferece alguns conjuntos pré-selecionados que auxiliam no trabalho com os valores (no Semeando Valores) e com as competências socioemocionais (no Socioemocional). 

  • Se o Cultivando Leitores ganhasse vida e se tornasse um personagem literário, como seria a sua personalidade? 

O Cultivando, se se tornasse uma pessoa, seria alguém com um amplo e vasto conhecimento, mas que sabe muito bem que, para transmitir o que sabe, é necessário ter empatia e conhecer profundamente as necessidades e o modo de aprender do outro, que é único. Seria, portanto, um especialista generoso e versátil, que se adapta a cada interlocutor. 

O que achou dessa matéria?

O que achou dessa matéria?

Clique nas estrelas

Média da classificação 3 / 5. Número de votos: 1

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

mais recentes
Conteúdo para Aulas
Como trabalhar a Semana do Meio Ambiente na Escola   
Como trabalhar a Semana do Meio Ambiente na Escola   
Conteúdo formativo
ESG na Educação: acessibilidade digital e inclusão na prática  
ESG na Educação: acessibilidade digital e inclusão na prática  
Dicas
Curso de Letras: para além da carreira de professor 
Curso de Letras: para além da carreira de professor 

Olá! Que bom ter você conosco! :)

O Conteúdo Aberto oferece gratuitamente conteúdos com curadoria pedagógica para estudantes, escolas e famílias.
Para ter acesso aos melhores conteúdos, efetue seu login ou cadastro:

Olá! Que bom ter você conosco! :)

O Conteúdo Aberto oferece gratuitamente conteúdos com curadoria pedagógica para estudantes, escolas e famílias.
Para ter acesso aos melhores conteúdos, efetue seu login ou cadastro:

Olá! Que bom ter você conosco! :)

O Conteúdo Aberto oferece gratuitamente conteúdos com curadoria pedagógica para estudantes, escolas e famílias.
Para ter acesso aos melhores conteúdos, efetue seu login ou cadastro: