Papo Aberto

O que é ser um leitor literário? 

Por Rodrigo Teixeira Navas

Estimativa de leitura: 3min 37seg

24 de fevereiro de 2023

Conheci certa vez dois irmãos de seis e quatro anos, crianças adoráveis que passavam as tardes descobrindo os livros da biblioteca da minha casa e brincando com os meus gatos. Enquanto o mais velho fazia as primeiras incursões no universo das letras e do tão esperado processo de alfabetização, para a surpresa dos familiares, o mais novo dominava a leitura no melhor exemplo de imitação e autodidatismo. Ao ver o mais velho se dedicar a compreender as mágicas conexões entre as letras do alfabeto, cujas combinações criavam palavras antes reconhecidas apenas em sua versão sonora, o menino de quatro anos se antecipou aos manuais pedagógicos ao decifrar os encaixes perfeitos das letras, sílabas, palavras e frases. Era uma graça ver o menino tirar os livros da estante e ler, um atrás do outro, as frases dos livros infantis. Enquanto o mais velho, parecia se contentar ao apreciar apenas um livro, com calma, do começo ao fim, acompanhando com o dedinho as letras que surgiam nas páginas das obras literárias. 

Resolvemos, então, ler um livro juntos e foi nítida a diferença de postura entre os irmãos. O mais novo conseguia ler o texto em voz alta e o mais velho acompanhava dando sequência à leitura. Ao final da história, pedi para que eles me contassem a narrativa de novo, dessa vez, sem ter acesso ao texto. E qual não foi a surpresa ao ver que o irmão mais velho conseguia repetir a história de maneira fiel, às vezes até usando as mesmas palavras do texto escrito e garantindo a entonação adequada para os momentos de tensão, surpresa e resolução da história. E foi aí que eu percebi que o irmão mais novo sabia ler todas as palavras e frases, mas não compreendia o que estava lendo. 

Essa pequena anedota doméstica ilustra bem a diferença entre uma leitura instrumental e uma leitura literária. O leitor “instrumentalizado” é capaz de reconhecer as regras do sistema linguístico, bem como a transposição dos signos em seus significados, mas não está apto ao outro pilar que sustenta a leitura literária: a capacidade de compreensão da estratégia linguística que transforma um texto em uma história que está além das palavras.   

Para além do mérito de um menino de quatro anos que aprendeu a ler praticamente sozinho (e que certamente alcançará o status de leitor literário em um virar de página), nossa tarefa e missão como educadores e amantes do livro é garantir que o exercício da leitura vá além da aquisição da prática leitora. Que a literatura se desloque, cada vez mais, da função utilitária de aprender o bêabá para ser uma aliada na formação de cidadãos sensíveis, empáticos, críticos, divertidos, solidários e conscientes de seu papel na sociedade – para citar alguns dos inúmeros benefícios transformadores que o contato com a boa literatura é capaz de proporcionar.     


Isabel Lopes Coelho publisher de Literatura na FTD Educação. É também autora da obra A representação da criança na literatura infantojuvenil (Ed. Perspectiva, 2020), fruto da sua tese de doutoramento em Teoria Literária e Literatura Comparada da Universidade de São Paulo (USP). Em  2012, recebeu o prêmio BOP – Best Children’s Publisher of the Year, concedido na Feira do Livro Infantil de Bolonha. 
     Ela participa de eventos internacionais como convidada e palestrante, como o Salon du Livre et de la Presse Jeunesse (Montreuil, Fança, 2006 e 2012), o Minimondi (Parma, Itália, 2007), o I Encuentro Latinoamericano de Editores de Libros para Niños e Jóvenes (Bogotá, Colômbia, 2009), o FIL Rights Exchange Programm (Guadalajara, México, 2017), o Rendez-vous de Québec Éditions (Montréal, Canadá, 2018) e Sharjah Book Conference (Sharja, Emirados Árabes, 2019). Participou do Programme Courants du Monde (Paris, França, 2012) e foi bolsista no Fellowship da Internationale Jugendbibliothek (Munique,Alemanha,2015). 
      A publisher também ministra cursos e palestras sobre literatura infantil e sobre o livro ilustrado
 

Isabel Lopes Coelho
Publisher de Literatura na FTD Educação
O que achou dessa matéria?

O que achou dessa matéria?

Clique nas estrelas

Média da classificação 3 / 5. Número de votos: 1

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

mais recentes
Conteúdo para Aulas
Protagonismo estudantil: veja a importância e como aplicar!
Enem e Vestibular
Da prensa Gutenberg ao PNLD – A história do livro didático no Brasil
Da prensa Gutenberg ao PNLD – A história do livro didático no Brasil
Família
Ensino bilíngue: entenda como funciona e suas vantagens!
Ensino bilíngue: entenda como funciona e suas vantagens!
Enem e Vestibular
Área de humanas: conheça as profissões e como ingressar!
Área de humanas: conheça as profissões e como ingressar!

Olá! Que bom ter você conosco! :)

O Conteúdo Aberto oferece gratuitamente conteúdos com curadoria pedagógica para estudantes, escolas e famílias.
Para ter acesso aos melhores conteúdos, efetue seu login ou cadastro:

Olá! Que bom ter você conosco! :)

O Conteúdo Aberto oferece gratuitamente conteúdos com curadoria pedagógica para estudantes, escolas e famílias.
Para ter acesso aos melhores conteúdos, efetue seu login ou cadastro:

Olá! Que bom ter você conosco! :)

O Conteúdo Aberto oferece gratuitamente conteúdos com curadoria pedagógica para estudantes, escolas e famílias.
Para ter acesso aos melhores conteúdos, efetue seu login ou cadastro: