Conteúdo para Aulas Educador

Festas Juninas no Brasil e a contribuição cultural na formação dos estudantes 

Por Juliana Piccoli

Estimativa de leitura: 4min 37seg

5 de junho de 2024

O mês de junho está aí e o clima festivo vai tomando conta de muitas escolas. Festas juninas no Brasil são importantes para evidenciar a trajetória cultural do país.  

Que o povo brasileiro gosta de festa, isso todo mundo já sabe! Agora, o que muita gente não sabe, é que as festas juninas no Brasil, na verdade, foram trazidas pelos portugueses, em meados do século XIV. Aos poucos, elas foram inseridas na cultura do país e se tornaram extremamente populares, principalmente, na região Nordeste. 

Depois do Carnaval, possivelmente são as festas juninas as maiores representantes da cultura popular do Brasil. Basta notar as multidões que se reúnem em busca de diversão, aliada à história e às tradições dessas festas.  

Os festejos começam em junho e muitos se estendem até julho, dado o tamanho e a importância das comemorações. Também são conhecidas pelas comidas típicas, principalmente os alimentos preparados com milho, além das músicas e das danças, como a quadrilha e, é claro, o forró. 

Decoração para festa junina. Foto: Reprodução/Shutter/Bricolage 

Quais festas juninas estão entre as mais populares do Brasil? 

🚩 Campina Grande – PB 

Considerado o maior São João do país. Para se ter uma ideia, são mais de 100 casais para a cerimônia do casamento coletivo, e a expectativa de mais de 2 milhões de pessoas dançando, principalmente, muito forró.

Quadrilha se apresentando durante a festa junina no Parque do Povo, em Campina Grande, PB. Foto: Reprodução/Shutter/Cacio Murilo 

🚩 Caruaru – PE 

Caruaru é conhecida como a capital do Forró. A Festa de São João de Caruaru acontece a partir de 1 de junho e dura o mês inteiro, com direito a pau de sebo, correio do amor, casamento caipira, muita comida e bebida. 

Menino subindo no Pau de Sebo. Foto: Reprodução/Flickr/Thiago Gaspar dos Santos 

🚩 São Luís – MA 

Realizada há mais de 200 anos, a festa do Bumba-Meu-Boi, em São Luís, é um dos eventos mais famosos e esperados da cidade. As ruas se enchem de cores e pessoas para assistir às danças típicas e às apresentações de grupos folclóricos. 

🚩 Mossoró – RN 

O evento reúne anualmente, no Corredor Cultural da região, mais de um milhão de pessoas em seus vários dias de festa. A programação envolve shows nacionais, apresentação de humor, quadrilha e comidas típicas.

‎ 🚩 São Paulo – SP 

As quermesses de São Paulo são conhecidas por serem realizadas pelas igrejas católicas de toda a cidade e reúnem centenas de pessoas em busca das tradicionais comidas típicas, brincadeiras como a pescaria, além das bebidas que fazem sucesso, como o Quentão e o Vinho Quente.  

A importância das festas juninas temáticas nas escolas 

Com as festas temáticas, os estudantes conhecem mais sobre determinados costumes, povos e regiões, além de fatos que abordam a trajetória cultural do país. Concepções de cunho artístico, geográfico, histórico e cultural colaboram para manter vivas as tradições de cada região. 

Além do riquíssimo conhecimento e da expansão cultural que estas práticas possibilitam, é possível ainda mencionar as interações entre os estudantes, o que enriquece ainda mais sua formação.  

A festa junina e a escola 

Os festejos juninos fazem parte do calendário de muitas escolas brasileiras. Práticas como estas contemplam o quesito de Festas Temáticas na grade curricular das Instituições de Ensino e são muito importantes para o desenvolvimento infantil, pois permitem que os educandos explorem novos conhecimentos de uma maneira muito mais dinâmica e interativa. 

A festa junina também pode ser ideal para a inserção de competências e habilidades da Base Nacional Comum Curricular — BNCC — incluindo os eventos e as atividades culturais promovidos pela Instituição Escolar. 

Crianças reunidas em festa junina escolar. Foto: Reprodução/Shutter/Dado Photos 

Como organizar uma boa festa junina? 

Para que a festa junina contribua com a formação cultural dos estudantes em termos de desenvolvimento cognitivos e socioemocionais, é essencial que haja um planejamento articulado entre professores e coordenação pedagógica da escola. Essa atenção exige dos profissionais envolvidos a abordagem de conteúdos curriculares para que a festividade não perca o caráter artístico e lúdico. 

As comemorações geralmente são compostas por decoração, brincadeiras, músicas, comidas típicas e muita diversão. Envolva os estudantes e os familiares com a realização das tarefas, isso ajuda no engajamento e no trabalho em equipe.  

Os jogos e brincadeiras animam os estudantes, como:

  • corrida de saco;
  • ovo na colher;
  • pescaria;
  • pau-de-sebo, entre outros.

Além de tudo isso, a diversão e a experiência contribuem para a construção de memórias afetivas. 

Organizar uma festa junina, seja ela da forma como a escola achar válida, ajuda na interação entre os estudantes. 

Vale lembrar que cada escola pode avaliar as festas temáticas que acreditam ser importantes para a formação de seus estudantes e trabalhar essas pautas, inclusive, em reuniões sobre o calendário anual de eventos.  

Aproveitem para engajar sua escola, afinal, uma festa sempre cai bem! 

Publicitária com 20 anos de experiência em Comunicação. Redatora por amor. Apaixonada por livros, cultura e muitas viagens por esse mundão à fora.
O que achou dessa matéria?

O que achou dessa matéria?

Clique nas estrelas

Média da classificação 3.5 / 5. Número de votos: 4

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

mais recentes
cantigas de roda
Conteúdo para Aulas
Brincadeiras de roda: tradição, diversão e aprendizado para as crianças 
Dicas
Dúvidas sobre como criar um cronograma de estudos? Descubra aqui
Dúvidas sobre como criar um cronograma de estudos? Descubra aqui
futuro verde nas olimpiadas
Dicas
Sustentabilidade: o futuro verde das Olimpíadas e Paraolimpíadas
futuro verde nas olimpiadas
Sustentabilidade: o futuro verde das Olimpíadas e Paraolimpíadas
jogos paraolimpicos
Dicas
Paraolimpíadas: superação e inclusão no esporte 
jogos paraolimpicos
Paraolimpíadas: superação e inclusão no esporte 

Olá! Que bom ter você conosco! :)

O Conteúdo Aberto oferece gratuitamente conteúdos com curadoria pedagógica para estudantes, escolas e famílias.
Para ter acesso aos melhores conteúdos, efetue seu login ou cadastro:

Olá! Que bom ter você conosco! :)

O Conteúdo Aberto oferece gratuitamente conteúdos com curadoria pedagógica para estudantes, escolas e famílias.
Para ter acesso aos melhores conteúdos, efetue seu login ou cadastro:

Olá! Que bom ter você conosco! :)

O Conteúdo Aberto oferece gratuitamente conteúdos com curadoria pedagógica para estudantes, escolas e famílias.
Para ter acesso aos melhores conteúdos, efetue seu login ou cadastro: